Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2013

Só uma curiosidade ou uma mera questão de opinião.

Sempre nas datas comemorativas, principalmente no Dias das Mães e Natal, diversos políticos têm o costume de dar o ar da graça para a comunidade. Geralmente isso acontece em grande estilo, em outdoors estrategicamente espalhados pelas cidades, naqueles locais facilmente visualizados pelas pessoas. E essa disposição toda em cumprimentar o distinto público não custa barato, todo mundo sabe disso. A gente até fica se perguntando como é que os caras conseguem grana para bancar esse tipo de propaganda.
Claro que se está diante, digamos, de uma “marketagem”. Afinal, por quê cargas d'água o sujeito iria externar seus sinceros cumprimentos pelo Natal ou o Dia dos Pais ou das Mães ou pelo aniversário da cidade e estampar sua fotografia num outdoor com seu nome e o cargo público que ocupa caso não houvesse o objetivo de divulgar a si próprio tudo junto e misturado? Quer me parecer algo de fácil entendimento. Talvez o principalmente objetivo seja mesmo propagandear a si mesmo, usando a efemér…

O que eu quero é sossego...

Conversei na tarde desta quinta-feira (26) com um pequeno empresário de barzinho aqui de Trindade. O cara estava providenciando uns cartazes informando que seu movimentado estabelecimento comercial está contratando cozinheira e auxiliar de cozinheira. Meus amigos, mas a coisa não é tão fácil assim não. Há vagas para trabalhar, porém encontrar a pessoa disposta a pegar no batente, é tarefa árdua.
O empresário se queixou da falta em Trindade de uma entidade feito o Serviço Social do Comércio (Sesc), dentre outros, para ajudar na formação dos profissionais. É difícil encontrar pessoal para trabalhar e quando se encontra leva um tempo para que o trabalhador esteja qualificado e exercendo com competência o seu ofício. Quando isso acontece ainda há também o risco de surgir uma outra proposta e a pessoal deixar o trabalho.
Mas o mais interessante que ouvi foi o seguinte. Tem muita gente que até aparece para verificar o trabalho que está sendo oferecido, mas ao saber da jornada de trabalho, das…

Cadê a luz, gente?

Havia alguns dias que não chegava em Trindade à noite. Nesta quinta-feira (26) passei pelo trevo de acesso à “Capital da fé”, por volta das 22h30, e a coisa por lá estava um breu só. Uma escuridão de meter medo na gente. E justo nessa época do ano em que quase todas as médias e grandes cidades se esforçam para iluminar o máximo possível os seus pontos principais. Isso geralmente atrai visitantes, principalmente no caso de Trindade, um local muito procurado durante todo o ano pelos religiosos católicos desse país tem tudo a ver. Penso eu que essa escuridão não é bem-vinda aqui ou em qualquer lugar, vale dizer.

E o Natal 2013 já é passado...

Realmente, o tempo não dá tempo mesmo e o Natal deste ano já é coisa do passado. Pela movimentação nas principais ruas e avenidas onde se concentram as maiores lojas do comércio de Trindade, as vendas devem ter sido boas. Sobre isso vamos conversar com o pessoal do setor e voltaremos ao assunto, evidentemente.
Acho que vale registrar também o esforço da atual administração municipal, sob a batuta do prefeito Jânio Darrot (PSDB) que fez uma bela decoração na Praça Constantino Xavier, local da sede da Prefeitura de Trindade. Isso foi sim interessante. Alguma coisa também foi feita ao longo das Avenidas Manoel Monteiro e Irany Ferreira. Claro, que seria bacana melhorar mais nesse sentido. Afinal, Trindade é um centro religioso da fé católica e imagino que uma bela decoração natalina certamente acabaria sendo bastante apreciada por todos.

Deu no jornal Informativo Trindadense

Redes Sociais Até quando internautas e blogueiros vão utilizar a internet para atacar pessoas de bem, sem nada acontecer? Internautas irresponsáveis usam as redes sociais com o único objetivo de denegrir pessoas honradas de nossa sociedade. Até quando estes despreparados vão continuar a escrever o que querem sem nenhuma punição das nossas autoridades? Não é censurar o direito de liberdade de expressar, mas é necessário impor regras e limites para alguns destes “blogueiros” que todos os dias destilam o seu “veneno” nas redes sociais. Alô, Ministério Público, vamos fiscalizar.
Só um comentário A notinha acima, em azul, está na página 23 da edição de dezembro/2013 do Informativo Trindade, com a assinatura do editor Alair de Paula. Questão de opinião do responsável pelo principal jornal de Trindade, publicação que está em circulação ininterrupta há 19 anos, convém ressaltar, e que se manifesta pela punição dos internautas que andam por aí escrevendo o que bem entendem sobre as pessoas de Tri…

Mais uma sobre o comércio de Trindade

Pense numa coisa assim, internauta. Você resolve ir a uma panificadora, ali pelos 9 horas. Ao chegar no local escolhido por você o balconista nem lhe dá muita bola não. Mas você está decidido e diz bom dia e vai logo pedindo: - Quero 5 pães, por favor.
Então a pessoa do outro lado do balcão, trajando avental e um boné na cabeça, evidentemente, lhe responde com ar de enfado: - Acabou o pão. Hoje tivemos uma encomenda muito grande e não sobrou nada.
Como dizia o Joelmir Beting, “juro por todos os juros” que ouvi isso aí numa padaria aqui em Trindade, esses dias agorinha mesmo. Como não sou tão viajado assim, fico pensando se semelhante coisa ocorre nas outras médias e grandes cidades de Goiás. Estranho demais da conta um negócio desses, acho eu.
Agora, melhor dizendo, hoje à tarde, perambulei por diversas papelarias no centro de Trindade em busca de Cartão de Natal. Sinceramente, pensei que encontraria de cara, logo no primeiro estabelecimento que eu entrasse. Ledo engano. Tive que andar por…

Obra parece que vai indo devagar, quase parando.

Imagem
Faz dias que venho observando o ritmo dos trabalhos da construção da “Passarela da Fé”, ali na Avenida Raimundo de Aquino, a principal via de acesso à Trindade. Trata-se da continuidade da pista dos romeiros, mas que, na prática, acaba não sendo lá muito respeitada como tal. É que o pessoal, sobretudo já dentro da cidade, não gosta de deixar a calçada para os pedestres, sejam eles romeiros do Divino Pai Eterno ou os próprios nativos da “Capital da fé”.
Bem, mas o fato é que tenho visto muito poucos trabalhadores na construção de uma passarela que, à primeira vista, permanecerá mais ou menos no mesmo nível da pista de caminhada que há muito carecia de cuidados. A obra conta com aporte financeiro do Ministério das Cidades, no valor total de R$ 196.400,00, sendo que até julho deste ano já haviam sido liberados R$ 98.200,00, de acordo com informações do Portal Transparência. Dê um clique no link aí ó ~> http://migre.me/h4rS1 e fique por dentro dos gastos públicos nesta obra em particula…

Promotora de Justiça questiona projetos de lei que tratam de doação de terrenos públicos em Trindade.

Áreas em Trindade A promotora de Justiça Patrícia Adriana Ribeiro Barbosa expediu recomendação aos vereadores de Trindade para que rejeitem dois projetos de lei do Executivo municipal que doam áreas públicas municipais a particulares e para que revoguem a lei que doou uma área à empresa Sorveart, sob pena de propor ação por improbidade administrativa. A promotora deu prazo de cinco dias para que os parlamentares informem as providências, ressaltando que o documento serve de prova do dolo.
A nota acima foi publicada na coluna Direito&Justiça, do jornal O Popular (http://www.opopular.com.br), pela jornalista Carla Borges, na edição de sábado (14), página 8.

Comentário Esse negócio de se doar terreno público para empresas ou entidades sempre vem acompanhado de dúvidas quanto à correção da coisa toda e até mesmo em relação à finalidade a que se destinará o patrimônio público que é repassado assim quase sempre a custo zero para quem recebe, geralmente particulares. Isso é o que a gente per…

Cena urbana: Rapaz algemado sai correndo tentando escapar da polícia no centro de Trindade.

Essa eu tenho que contar aqui, gente. Algo inusitado para mim, é claro. Mas já vimos muito disso que vou narrar a seguir, principalmente pela televisão e em vídeos engraçados na internet. É coisa curta, que se conta rapidamente. Vamos lá então.
Ontem, domingo (15), no finalzinho da tarde, ali pelas 18h30, acho eu. Não sei precisar bem o horário porque estava sem relógio naquele instante que foi rápido demais da conta, vale salientar. Bem, fazia uma caminhada pelas ruas centrais de Trindade, subindo a Avenida Manoel Monteiro. Antes de chegar ali na Av. Raimundo de Aquino, na verdade, antes também da esquina com a Rua dos Araújos, eis que vejo uma cena estranha. Vamos a ela.
Um rapaz magro, vasta cabeleireira, surge assim do nada pela Rua dos Araújos. Quando dei fé (minha avó paterna usava muito essa expressão), o cara olhava para trás, assustando e, de imediato, entrou numa desabalada correria iniciando a travessia da Av. Manoel Monteiro, no sentido da Rua Moisés Batista, continuação da …

Uma noite assistindo ao balé do Grupo Desencanto.

Imagem
Sexta-feira (13), fui dar uma espiada lá pelas bandas do Teatro Desencanto, ao lado do Ginásio de Esportes Amando Grecco. Em cartaz o balé “O Palácio de Cristal”. Não, amigos que frequentam vez por outra este espaço, não entendo nada de dança, seja balé, dança contemporânea, pós-moderna, ou o que for. Mesmo assim de vez em quando é preciso tentar conhecer um pouco mais sobre as artes em geral, especialmente aquela que está sendo produzida em Trindade, pelos trindadenses.
Segundo informa o panfleto do evento, o enredo do espetáculo tinha a ver com os preparativos para a festa de 15 anos de uma certa princesa Cristal, cuja morada era onde mesmo? Ora, no Palácio de Cristal. Os ensaios da festa da princesa durariam 3 dias e 3 noites. Todo mundo foi convidado, inclusive o bobo da corte. Faltou apenas convite para a D. Palacéia que entrou no local jogou um feitiço: No Palácio nenhuma música seria ouvida por 100 anos. Complicou, hein?
Mas é claro que na história há uma fada, ora pois. Afinal, …

Chuva forte faz romper barreira e lago seca em Trindade.

Imagem
Somente ontem (sábado, 14) à tarde, ali pelas 17h, foi que vi uma cena que me deixou surpreso. Sabe aquele lago que a gente avistava da Rodovia dos Romeiros (ou será Governador Henrique Santillo?), a GO 060, à direita de quem transita no sentido Goiânia-Trindade? Era possível ver o lago em meio a uma lavoura de tomates. Isso por muitos anos. Aquela vista agora é passado, amigos internautas.
Na quinta-feira (12) caiu uma chuvarada muito forte em Goiânia e Trindade também, ali pelo início da noite, todo mundo ficou sabendo dos estragos produzidos pelo aguaceiro na capital goiana. Ah, e um adendo. Muita gente fica chateada é com a chuva e não com a ação do bicho homem que está desmatando tudo, botando concreto e asfalto para tudo quanto é lado. Uái, se a gente impermeabiliza o solo é claro que a água sobretudo a da chuva, vai ter que escorrer para algum lugar, não é mesmo? Então...
E não é que aquele lago ali no final do Setor Pontakayana, onde foi feito um loteamento chamado Maria Monteir…

Uma aflição para quem vive e trabalha no Beco dos Aflitos: Falta galeria de águas pluviais.

Imagem
Sexta-feira (13), por volta das 16h, caiu uma forte chuva sobre Trindade. Ruas e avenidas ficaram, é lógico, alagadas, enxurradas poderosas foram vistas por todo lugar, especialmente no centro da cidade. Se já basta uma chuvinha de nada para alagar o cruzamento das Avenidas Manoel Monteiro com a Raimundo de Aquino, pense como é que fica a situação quando do céu desaba um aguaceiro daqueles.
Enquanto chovia que era uma beleza, fui à Alfaiataria do Beco buscar umas roupas que deixei para receber os cuidados profissionais do Sinval Barbosa da Silva e do Divino Dantas Pereiras. Os caras são verdadeiros craques da tesoura, linhas e agulhas. Só para se ter uma ideia, a Alfaiataria do Beco funciona há mais de 31 anos, no mesmo local. É muito tempo de bons serviços prestados aos trindadenses, não há como duvidar.
Para atravessar o Beco do Aflitos, como é chamada a Rua Coronel João Pereira da Silva (João Braz), quando está chovendo forte não tem jeito, o camarada vai ensopar os pés sem choro nem…

Sábado terá alta velocidade na região Leste de Trindade.

Imagem
Com apoio da vereadora Tia Aninha e do deputado estadual Marlúcio Pereira, ambos do PTB, e claro uma realização da Prefeitura Municipal de Trindade, pela Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Cultura, comandada pelo vereador Felinho, juntamente com o Governo de Goiás, será realizada uma edição de Fórmula 200, também com apresentação de Willing Moto Show fazendo manobras radicais, neste sábado (14), a partir das 14h, em frente ao Ginásio de Esportes do setor Maysa I, na região Leste, para muitos, Trindade 2.
Paralelamente, a vereadora Tia Aninha sugere a quem for assistir às apresentações que levem, pelo menos, 1 quilo de alimento não perecível para a confecção de cestas de Natal a serem distribuídas entre as pessoas carentes que moram naquela região. É um gesto de solidariedade que, afinal de contas, não custa muito não. Vale a pena participar do espetáculo e ainda ajudar a quem precisa. Ou seja, oportunidade para se unir o útil ao agradável.

Chovendo no molhado: É difícil encontrar vagas para estacionar no centro e Trindade.

Já falei aqui sobre a prática que vários comerciantes de Trindade estão adotando que é reservar espaço à frente dos seus estabelecimentos, na rua mesmo, para estacionamento. Ou seja, o local público passa, desse modo, a ter “dono” particular. A coisa é séria, mas a gente não percebe movimentação da Prefeitura Municipal em coibir esse tipo de ação e daqui a pouco estacionar na região central da “Capital da fé” será tão fácil quanto acertar as 6 dezenas da Mega-Sena.
Na terça-feira (10), à tarde, fui até uma panificadora próxima à Rodoviária, que trabalhão me deu para encontrar um local para estacionar. Parei diante de uma Casa de Carnes onde o pessoal coloca cones reservando espaço na rua diante daquele estabelecimento comercial. Claro que tive que empurrar o cone com o próprio carro para ter como deixar o veículo em segurança, descer e fazer umas pequenas compras. Veja bem como é que as coisas vão caminhando. Daqui a pouco a gente vai ter que pedir permissão para os “donos” das vagas d…

A Prefeitura de Trindade bem que podia asfaltar os bairros Ana Rosa e adjacências.

Imagem
Acho que deve ter demorado bem umas duas décadas para que o Governo de Goiás asfaltasse a Rodovia GO 496, que liga Trindade a Abadia de Goiás. Eu mesmo me lembro de ter ouvido inúmeros discursos de políticos reivindicando essa obra nos últimos tempos que, sinceramente, nem acreditava que isso seria realizado como de fato felizmente acabou acontecendo neste ano.
Agora o que está faltando mesmo é a Prefeitura de Trindade fazer a parte que, aliás, já deveria ter sido feita igualmente há muito tempo. É preciso asfaltar o Setor Ana Rosa, dentre outros bairros daquela região. No mínimo, aquelas ruas que estão conectadas à rotatória em frente a entrada do ex-Clube Raio de Sol, ali na saída para Abadia de Goiás.
Nestes dias de chuva o asfalto recebe enxurrada e a terra, cascalho, que o pessoal da Prefeitura usa para tapar a buraqueira daquelas ruas ainda sem pavimentação, sobretudo no Setor Ana Rosa. E enquanto o asfalto não se torna uma realidade para os moradores do mencionado bairro, o belo …

Breves comentários a partir de uma conversa com o vice-prefeito de Trindade, Gleysson Cabriny.

Na última reunião do ano do Curso Intensivo e Vivencial do Casamento (CIVC) de Trindade, no domingo (8), tive a oportunidade conversar um pouco com o vice-prefeito aqui da “Capital da fé”, Gleysson Cabriny (PSDB). Aos 37 anos, o jovem político, com barba de um pouco mais de duas semanas, imprimindo um certo ar de maturidade, demonstrou estar vivendo um momento de serenidade em sua vida e especialmente na política.
É claro que perguntei ao Cabriny como andam os preparativos para a campanha a deputado federal. Afinal, a gente tem ouvido falar nos bastidores da política de Trindade desse disposição do jovem político trindadense. A resposta foi de alguém que está olhando o panorama, estudando as diversas variáveis envolvidas numa decisão importante como essa. “Ainda não defini nada, e até penso em ficar quieto e não disputar nada neste ano”, revelou Gleysson Cabriny.
E faz sentido, gente. Uma candidatura a deputado federal, não é segredo para ninguém, requer dinheiro demais da conta para ba…

Falando um pouquinho sobre a liderança política em Trindade.

Em 16 dias estaremos no Natal. Neste período todos de uma forma ou de outra estão à espera da visita do bom velhinho. É que ainda tem muita gente que acredita em Papai Noel, não somente crianças, mas muito marmanjo, dentre eles, vários políticos se roendo de vontade de se candidatar a deputado nas eleições do próximo ano. É compreensível, pois os caras querem ganhar de presente uma campanha todinha sua e, assim, conquistar uma vaguinha na Assembleia Legislativa de Goiás ou na Câmara dos Deputados, em Brasília.
Cada um é livre para acreditar no que bem entender, não se discute. Mas os atos praticados com base nessa crença tem lá suas consequências. De acordo? Veja o caso dos políticos, já experientes no assunto e também os novatos nesta atividade, que manifestam disposição de se candidatar a deputado estadual, tendo como principal base política a “velha Trindade da fé e do amor”. É incrível mas a gente ouve coisas do arco-da-velha sobre formas de se custear uma campanha eleitoral.
Tem pr…

Benza Deus, a semana começa com chuva.

Noite de domingo (8) e Trindade está sob chuva. Penso que essa é uma excelente forma de se começar mais uma semana. Ah, diga-se, faltam pouco mais de 3 semanas para chegarmos ao fim de 2013! Chuva calma, feito essa que cai neste momento e já faz um bom tempo, dá uma sensação agradável no clima, aquele barulhinho bom da água caindo no telhado e no chão, é altamente convidativo para se dormir bem. Por isso, acho eu, essa é uma maneira bacana de começar mais uma semana de trabalho, estudos, vida enfim. Simples assim. Boa noite! Boa semana pra vocês!

Para ser político a pessoa tem que ser “gente da gente”...

Não faz muito tempo vi alguém criticando um líder político de Trindade e na argumentação dizendo que o fulano “nunca deu uma balinha para um pobre”. E isso então é algo desqualificador para o político, no entendimento daquele crítico. Desnecessário dizer que boa parte da população faz coro com esse tipo de afirmação. Espera-se que o político seja alguém que esteja sempre distribuindo coisas e principalmente favores para quem quer que o procure, a qualquer hora, situação ou lugar.
O bom político também parece ser aquele cara tipo “gente boa” ou “gente da gente”. O político de verdade, no imaginário coletivo, tem sempre um sorriso largo no rosto e jamais perde uma oportunidade de apertar a mão de quem conhece e de quem nunca viu mais gordo. Basta observar quando numa festa chega um político ou pretenso, os neófitos na atividade. O cabra passa a se enxergar como alguém que todos ali presentes estão ansiosos por tocar. Daí a pessoa sai de mesa em mesa sorrindo e apertando mãos por tudo qua…

Parece que falta alguma coisa no encontro da Rodovia GO 496 com a BR 060, em Abadia de Goiás. Será?

Talvez seja impressão minha, mas acho que está faltando alguma coisa na Rodovia GO 496, ali na chegada de Abadia de Goiás. O sujeito vai rodando e se quiser entrar na Rodovia BR 060, sentido Guapó, terá que retornar, sei lá quantos quilômetros no sentido contrário (Guapó – Goiânia), até encontrar o primeiro retorno na pista e, aí sim, pegar a outra faixa para o rumo, o destino, pretendido. Sei não, mas penso que tem um negócio precisando ser corrigido por lá.
Antes que alguém pense e diga que estou aqui procurando chifre em cabeça de cavalo, já aviso que achei o asfaltamento da GO 496 ligando Trindade a Abadia de Goiás, show de bola. Veja aí neste link o que já escrevi a respeito dessa importante e tão esperada obra >>> http://migre.me/gUt7e Todavia, “a gente não quer só comida, a gente quer saída para qualquer parte...”, como cantam os Titãs, em “Comida”. E essa saída é bom que seja bem segura para todos nós. Correto?
Por isso mesmo insisto na minha opinião de que a melhor opç…

Pela duplicação da Rodovia BR 364 o mais urgente possível.

Imagem
Estive em Mineiros, cidade a 425 Km de Goiânia (umas 5 horas de viagem, mais ou menos), no Sudoeste goiano, nesta semana e novamente fiquei impressionado demais da conta com o intenso movimento de veículos de todos os tamanhos pelas Rodovias BR 060 até Jataí e depois, a BR 364. Menino de Deus, que loucura é aquilo ali! Carretas de duas, de três carrocerias, as tais Romeu e Julieta, não param um minuto. E um negócio do outro mundo, verdadeiramente.
E o governo federal, pelo Ministério dos Transportes, decidiu duplicar a BR 060 somente até Jataí e daí em diante temos aquela pista de mão e contramão, simples. Dá medo, gente! Naquele sobe-e-desce típico da região de serras, uma paisagem deslumbrante, convém salientar, é uma aventura viajar por lá. Fico pensando como é que deve ficar alguém que percorre aquele trajeto, por exemplo, semanalmente. Diariamente então, socorro! Quem tem que fazer isso está sempre correndo risco grande a todo instante.
É, o sistema naquele trecho da BR 364 é bruto…

Dizem que Deus vive nos detalhes...

Antes de qualquer coisa, vou logo pedindo a vocês que entendam Deus no título aí em cima como sinônimo de Perfeição. Feito isso, melhor não desperdiçar energia, muito menos sua atenção e seu tempo, internauta que vez por outra visita este modesto espaço. Saiba, antes de mais nada, que para mim é motivo de honra e prestígio saber que você visitou este blog. Obrigado!
Veja bem. Só Deus é perfeito e suas ações idem. Coisa feita pela mão humana acaba ficando com uma ponta solta aqui, outra coisa a ser consertada acolá, e assim caminha a humanidade. Inclusive os goianos. É da vida. É do jogo. Observemos, então, a reconstrução da Rodovia dos Romeiros (GO 060) concluída, acho eu, em tempo record no primeiro semestre deste ano. Pode-se não gostar do excesso de propagandas do Governo Estadual em relação àquele trabalho, mas a coisa toda ficou bacana. Na minha modesta opinião, evidentemente.
No entanto, continua faltando alguns detalhes nem tão pequenos pra nós dois. Ops! Melhor dizendo, para os …

Lideranças do PTB de Trindade se reúnem e formam a Comissão Provisória e a diretoria do partido.

Imagem
Alguns dos principais filiados ao PTB de Trindade se reuniram ontem à noite na residência do vereador Leofonso Teixeira Ramos (Felinho), Secretário Municipal de Esportes, Lazer e Cultura da Prefeitura Municipal de Trindade. O encontro foi tranquilo e teve como objetivo definir os membros da Comissão Provisória do partido, que está sendo reorganizado agora na “Capital da fé”.
Dentre os 13 integrantes da Comissão Provisória, ficou acordada assim a composição da direção do partido: Claud Wagner Gonçalves Dias, presidente. Vereadora Ana Maria de Carvalho (Tia Aninha), Vice-presidente. Aurimar Rodrigues Lima, Primeiro Secretário. Léria Vinhal, Segunda secretária. Dilson Alberto de Sousa, Primeiro Tesoureiro. Júnior Caetano, Segundo Tesoureiro.
Concluídos os trabalhos na reunião, ficou estabelecido que a Secretaria da Comissão Provisória dará andamento na documentação (lista de presença e ata da reunião), encaminhado tudo ao Diretório Regional do PTB em Goiás para os devidos registros. O obje…

Falar é fácil, difícil é se candidatar de verdade.

No momento a gente está ouvindo tanta gente anunciar candidatura a deputado estadual e até a deputado federal por Trindade que a coisa até parece ser simples demais. É, mas só aparenta, pois na prática o negócio é complicadíssimo e custa caro, muito caro. Para se candidatar e ter chances verdadeiras de conquistar uma das 41 vagas de deputado estadual em Goiás, é preciso que o sujeito tenha “bala na agulha”, ou seja, dinheiro para bancar a campanha.
Se para deputado estadual a coisa já é complicada, pense então se consideramos a questão da candidatura a deputado federal e suas 17 vagas a que Goiás tem direito na Câmara dos Deputados, em Brasília. Para se conquistar uma cadeira para chamar de sua no Parlamento o “brasileiro ou brasileira” tem que gastar uma quantidade grande de reais, para tanto. O negócio custa caro, além do que para algumas vagas, parece, já existem ocupantes cativos, pois tem deputado que consegue se reeleger há muitas e muitas eleições seguidas.
Claro que política não…

Hora de refletir se vale a pena entrar na disputa por uma vaga de deputado estadual.

Neste fim de semana conversei com Valdivino Barbosa agora no PSB, ex-vereador e ex-presidente da Câmara Municipal de Trindade, que decidiu deixar o PT de Trindade, do qual também era o presidente, para dar um novo rumo em sua trajetória política. Houve uma espécie de perda total de vontade de permanecer na legenda e o melhor a fazer, no entendimento do ex-vereador, foi mesmo recomeçar a militância em outra sigla.
Valdivino Barbosa tem agora a oportunidade de se candidatar a deputado estadual nas eleições de outubro de 2014, conforme declarou o próprio presidente do partido em Trindade, Valdenir Vieira, conforme se lê em post aí embaixo. A disposição da legenda é ter candidato a uma das 41 vagas na Assembleia Legislativa de Goiás por Trindade também. Logo, o espaço está aberto para que Barbosa possa tentar conquistar uma cadeira no Palácio Alfredo Nasser, em Goiânia, na sede do Legislativo goiano.
Mas no bate-papo com Valdivino Barbosa percebi que existe ali uma forte dose de bom senso. …

Trindade supera expectativas em Festival Gastronômico

Imagem
Evento reúne 14 chefs e culinaristas com pratos exclusivos e à base de mandioca. Senac e Sebrae capacitam expositores e dão pitadas de conhecimento para alavancar negócios. Receitas mais que aprovadas pelos visitantes
ANTONIO ERASMO
“Não seja escaldado e venha curtir este bom-bocado. Saia desse cozimento, não se faça de acanhado. Só uma gratinada por aqui pode não ser suficiente. Venha com calma, fique em banho Maria, saboreie mais um bolinho e experimente nosso guisado. Afinal, um petisco a mais sempre vale a pena. Aquela história de sair do espeto e cair na brasa pode até ser verdade, mas aqui eu lhe garanto que vai ser gostoso!” E assim, com versos rimados e bom humor, foi aberto o primeiro Festival Gastronômico e Cultural de Trindade, realizado de 28 a 30, naquele município.
Durante três dias de evento o governo municipal e o trade turístico do Estado tiveram o privilégio de degustar uma saborosa iniciativa de consolidação do cenário gastronômico local. A cada lasca de mandioca e pun…

E assim chegamos ao último mês do ano.

Pois então, caríssimos(as), já estamos em dezembro de 2013. Quer dizer que o ano está, digamos, pela bola 7? Acho que é isso mesmo. Vai ser vapt-vupt e 2014 apontará ali na nossa frente, sem a menor dúvida. Como a gente costuma dizer, o tempo está acelerado demais que nem vemos um mês passar. É tanta correria em busca do “pão nosso de cada dia” ou do dinheiro para comprá-lo, que nem percebemos as coisas passando e com elas, a vida também. É, alguém no comando tem pisado fundo acelerador do relógio.
Nessa época do ano sempre me lembro daquela mensagem de ano-novo (veja o vídeo acima) produzida pela Agência Styllus, uma criação do publicitário Hamilton Carneiro com o contador de causos Geraldinho, de Piracanjuda, já falecido, como propaganda da extinta Caixego, que dizia, mais ou menos assim: “Uái, sô! Tomara que esse ano que vem rompendo aí na cabeceira chega mais manso aqui pra nóis...”. Genial. Simples, direto, preciso naquilo que a gente sempre espera de um tempo novo, uma mudança no…

Parceiro

Parceiro