Apoiadores de candidatos a prefeito têm tido madrugadas movimentadas

Uns espalham panfletos agressivos a um candidato e vem o pessoal atrás recolhendo a papelaria



A campanha eleitoral de Trindade entrou na fase decisiva com lances meio que na base do vale tudo. Assim, do nada, na calada da noite, aparecem panfletos nas ruas, que mobilizaram gente que espalha o material enquanto outras pessoas vêm atrás recolhendo. O teor é sempre ruim para o concorrente fulano de tal, mas a autoria é difícil de se estabelecer nesses casos. Nos bastidores circularam relatos curiosos de ocorrência durante a madrugada desta sexta-feira que foi agitada. Em tempos de internet e redes sociais transformadas em vias preferências de campanha eleitoral, o papel continua sendo uma “plataforma” de disseminação de informação, deformação, desinformação ou fofoca pura e simples na atual temporada de caça ao voto. A expectativa é de que as ruas e avenidas da Capital da Fé estarão movimentadas nesta noite da véspera das eleições do domingo (15) em que estarão em disputa 19 vagas na Câmara Municipal, bem como os cargos de prefeito e vice. Lembrando Alexandre César (PSD), Dr. Antônio (DEM), Dr. George (PDT) e Marden Júnior (Patriota) estão na briga pelo cargo de prefeito, cujo salário mensal é de 21 mil reais, claro, além de outras delícias que integram o pacote de quem, durante quatro anos, detém o poder de nomear e mandar embora da Prefeitura de Trindade. Pois é, pois é, pois é.


Comentários

Parceiro

Parceiro