sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Trabalhador não precisa contratar ninguém para requerer aposentadoria

O atendimento nas agências do INSS é gratuito, precisa apenas agendar a data da entrada do requerimento






Nesta semana tomei conhecimento de um material circulando nos meios de comunicação de Goiânia “alertando” a pessoa para tomar cuidado ao contratar um profissional a fim de requerer aposentadoria junto à Previdência Social. Na verdade, o material que vi sugere ao trabalhador que é preciso contratar um profissional correto para representá-lo quando chega o momento de dar entrada no requerimento de benefício previdenciário. Só que não, como diz o pessoal nas redes sociais.

Seguinte, a legislação previdenciária vigente estabelece a gratuidade ao segurado que vai requerer benefícios em geral, também as aposentadorias. Dito de outra forma, o segurado não paga nada para requerer benefício previdenciário. Se a pessoa acha que precisa contratar, seja lá quem for, para comparecer a uma agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e dar entrada no pedido de aposentadoria, está achando errado. Eis aí algo que não tem nada a ver com a realidade, pode apostar que sim.

O atendimento nas agências do INSS é totalmente gratuito, o segurado não paga taxa alguma para protocolizar requerimento de benefício. Para fazer isso é bem simples, basta agendar o serviço que quiser, a agência que preferir ser atendido, no dia e horas em que houver a vaga. Como se faz isso? Ligando para a Central de Teleatendimento do INSS 135. Só isso. Uma ligação telefônica abre as portas para o segurado e lhe garante a vaga para requerer o benefício.

Feito isso, os técnicos do INSS irão analisar a documentação apresentada e todos os dados do segurado que constam do Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS). Estando tudo dentro da conformidade estabelecida pela legislação em vigor, o direito é reconhecimento, o benefício concedido e o pagamento se materializará diretamente ao trabalhador.

Antes disso, porém, havendo dúvida, o próprio segurado pode se dirigir a qualquer das agências do INSS espalhadas pelo Brasil inteiro, Goiás inclusive e Trindade também, e buscar informações, orientações, esclarecimentos sobre os seus direitos previdenciários. E para isso não é preciso pagar nada, nada, nada mesmo. Agora, se o caso tem a ver com o requerimento de benefício é só fazer contato com o INSS pelos diversos canais de comunicação.

A Central 135 funciona de segunda-feira a sábado, das 7h às 22h, e o segurado pode ligar de um telefone fixo (ligação gratuita), de um telefone público (ligação gratuita) ou de um telefone celular (custo de ligação local). E existe ainda o site da Previdência Social que é um ótimo canal de informação e, claro, agendamento dos serviços ofertados, não apenas o requerimento de benefícios. Recentemente, foi lançado o Meu INSS, importante instrumento de interação da instituição com os segurados.

O que é mesmo importante, fique muito bem claro para todos os segurados, é que isso de ter que contratar quem quer que seja para, em seu nome, dar entrada em requerimentos de aposentadorias junto ao INSS é incorreto. Inexiste esta necessidade, conforme falamos. Segurado, fique atento aos seus direitos. Tem muita gente esperta por aí de olho no seu dinheiro a pretexto de defender o que já lhe pertence. É isso aí!


Filmes são opções no fim de semana do carnaval no Cineteatro Afipe

Filmes com temáticas religiosas e animações infantis são opções para trindadenses e romeiros no fim de semana do Carnaval





Para os trindadenses e romeiros que vão aproveitar o fim de semana prolongado do feriado de carnaval para descansar, o Cineteatro Afipe oferece uma boa programação de filmes, de sexta a domingo, 24 a 26, encerrando assim o cronograma de fevereiro. Nesta sexta, às 20h30; é a vez do longa metragem “Apóstolo Pedro e a Última Ceia”. A história se passa no ano 67 d.C. e o filme é composto por relatos do Apóstolo Simão Pedro, da Galileia, preso pelos romanos por propagar o Cristianismo. Em um emocionante relato, o discípulo e amigo de Jesus relembra a sua forte amizade com o Salvador, os Seus atos de bondade e os Seus ensinamentos.

No sábado, serão exibidos dois filmes: “O Poder do Perdão”, 14h30, e “A Canção de Bernadette”, 19h30. O primeiro é baseado no livro "A Christmas Snow" e aborda a temática da relação entre pai e filha a partir de um enredo no qual o pai abandona a filha por 30 anos, o que trás consequências para os dias atuais, principalmente no Natal. Mas, algo ocorre na história e surpreende o telespectador, apontando o perdão. Já o segundo conta a história da jovem camponesa Bernadette Soubirous. Ela vive na França e tem a visão de uma bela senhora. Todos assumem que se trata da Virgem Maria. Bernadette é considerada louca por uns, e santa por outros.

E, para finalizar a programação do fim de semana e também de fevereiro, estão previstas duas animações. A primeira delas é o emocionante “Procurando Nemo”, que se passa no fundo do mar e conta a história de um peixe, cujo nome é Marlin, à procura de seu filho Nemo, após a perda da sua esposa e de outros filhos. Às 19h, entra em cartaz a animação “Up – Altas Aventuras”. Carl Fredricksen (Edward Asner) é um vendedor de balões que, aos 78 anos, está prestes a perder a casa em que sempre viveu com sua esposa, a falecida Ellie. O terreno onde a casa fica localizada interessa a um empresário, que deseja construir no local um edifício. Para evitar que isto aconteça, ele enche milhares de balões em sua casa, fazendo com que ela levante voo. O objetivo de Carl é viajar para uma floresta na América do Sul, em um local onde ele e Ellie sempre desejaram morar.

Arte em argila
Junto à programação dos eventos, todos os meses, o Cineteatro Afipe traz uma exposição de artistas, geralmente, regionais. Este mês, estão expostas as esculturas em argila do mestre artesão Carlos Antônio. Em seu trabalho, ele confecciona peças que retratam a cultura e história do povo goiano, principalmente do interior. A ideia é mostrar o cotidiano do povo simples do interior, como por exemplo as esculturas de vaqueiros, sanfoneiros e de colhedores de pequi, entre várias outras que compõem o cenário no foyer, como é conhecido o espaço na entrada do Cineteatro.

História
O Cineteatro Afipe faz parte da história de Trindade e, antigamente, tinha o nome de Cine Teatro Mara. O espaço era bastante frequentado e passou a sediar também outros eventos sociais. Com o passar dos anos, o movimento do local foi diminuindo e, com isso, passou a ter dificuldades de funcionamento. Em sua trajetória, o espaço foi fechado por duas vezes e ficou inutilizado por vários anos.

A Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe), então, assumiu esse novo projeto, dando início às obras de reforma, restauração e ampliação. A reinauguração do Cineteatro, durante a Romaria 2016, foi um momento marcante. E agora, o espaço está de portas abertas para acolher romeiros, trindadenses e visitantes, com eventos culturais, sociais e de evangelização.

PROGRAMAÇÃO FEVEREIRO 2017

24/02 – Sexta-feira
20h30: Filme - Apóstolo Pedro e a Última Ceia (102 min.)

25/02 - Sábado
14h30: Filme - O Poder do Perdão (110 min.)
19h30: Filme - A Canção de Bernadette (158 min.)

26/02 - Domingo
16h: Filme - Procurando Nemo (101 min.)
19h: Filme - Up – Altas Aventuras (101 min.)

Exposição: Escultura em argila / Artista: Mestre Artesão Carlos Antônio


Da Assessoria de imprensa da Afipe

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Vias públicas cada mais cheias de carros

A questão é que gestores da área de transporte parece não enxergar o problema


Flagrante da Avenida Castelo Branco, em Goiânia.



Daí o cabra está no trânsito de Goiânia logo cedo e se depara com aquele monte de carros entupindo tudo, travando senão todas as ruas e avenidas da cidade, no mínimo as mais movimentadas, movendo-se no frenético ritmo do anda e para, anda e para. O primeiro pensamento que vem à mente é que deve haver um acidente logo ali na frente. Qual o quê! Nadica de nada, felizmente. É só o movimento que está ficando a cada dia que passa mais intenso. Transporte público de passageiros do Aglomerado Urbano de Goiânia (Trindade no meio, opa!) segue operando com qualidade ruim toda vida, quem pode evita deixar o possante em casa, as ruas teimam em manter as atuais proporções, a frota de veículos, motos inclusive, só faz aumentar. Consequência? Justamente isso aí que é possível enxergar na foto (que também não está lá grande coisa, vale dizer), muito carro para cada vez menos espaço físico nas vias públicas. As autoridades estão preocupadas em encontrar solução para essa realidade? Sei não, a impressão é a de que suas excelências nem mesmo enxergam isso como um problema. Logo, como tentar solucionar algo que sequer existe no plano mental dos engravatados ou das meninas de tailleur que dão expediente em organismos do setor público?


quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Falando sobre a necessidade de uma nova sede para a Prefeitura de Trindade

Órgãos espalhados pela cidade e gastos com aluguéis justificam projetar um novo prédio para a Prefeitura


Em reforma: Futuras instalações de órgãos da Prefeitura de Trindade. 


Quem transita pela Avenida Raimundo de Aquino (muita, mas muita gente mesmo, faz isso diariamente) já percebeu a movimentação de homens trabalhando na reforma daquele prédio onde antes havia uma importante confecção da cidade, pioneira no ramo, diga-se, que fechou as portas. No local, brevemente estarão funcionando diversas unidades da Prefeitura Municipal de Trindade. Várias secretarias e as respectivas equipes, dizem que inclusive o prefeito, passarão a despachar naquele novo endereço.

Na verdade, faz tempo que o prédio da Prefeitura, na Praça Constantino Xavier, Centro da cidade, ficou pequeno para abrigar os diversos órgãos da Administração. Daí que a gente sabe que tal secretaria funciona ali, outra pasta encontra-se instalada acolá e por aí vai. Sempre que o camarada precisa fazer contato pessoalmente com um órgão municipal qualquer, antes tem que estar atento e verificar em qual ponto da “Velha Trindade da Fé e do Amor” se encontra em funcionamento o dito. Tem sido assim há muitos anos.

Uma hora dessas o prefeito da ocasião terá que dar início à construção de uma nova sede, capaz de abrigar toda a máquina administrativa do município. Isso, claro, não custa barato. A empreitada não costuma ser fácil, há sempre gente disposta a falar isso e aquilo contra o município construir prédio para sediar órgãos públicos municipais, mas trata-se de algo necessário mesmo. E há, no entanto, consequências positivas a serem sopesadas diante de semelhantes empreendimentos, principalmente sendo preciso mesmo, como é este o caso de Trindade.

Vale lembrar, quando o então vereador e presidente da Câmara Municipal de Trindade, Carlos José Domingues, levou adiante o projeto de construir um novo prédio para sediar aquele poder, houve quem criticasse, mas o fato é que a iniciativa ajudou também a impulsionar o crescimento da região do Jardim Primavera onde hoje em dia se tem o Fórum da Comarca, além do Hospital de Urgências de Trindade (HUTRIN). Ou seja, aconteceram melhorias urbanas pela construção da nova sede do Legislativo municipal que saiu do centro congestionado da cidade.

Outro aspecto a ser considerado pela Prefeitura de Trindade, está relacionado às despesas decorrentes da locação de imóveis na cidade para abrigar os diversos órgãos. É difícil para o cidadão comum, este blogueiro, por exemplo, ter acesso ao valor total que sai do caixa da Prefeitura na forma de pagamento de aluguéis, mas é possível a gente imaginar que se tem aí um montante razoável todo santo mês destinado a esta rubrica. Falando nisso, o aluguel de um prédio como este aí da imagem acima, deve custar quanto aos cofres municipais?

Por essas e outras, acredito, é chegado o momento dos gestores públicos da “Capital da Fé” começarem a pensar e projetar de verdade a transferência da Prefeitura Municipal para uma nova sede. Ficar naquele prédio pequenino no centro da cidade definitivamente deixou de ser solução faz tempo. É isso aí aí! Mais não digo nem me foi perguntado.


terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Convocação para caminhada contra o câncer de pele

Evento desperta a atenção sobre os cuidados para se evitar o câncer de pele





A GEAP, Autogestão em Saúde, realizará a “Caminhada contra o Câncer de Pele”, nesta quarta-feira (22), a partir das 07:30 h, no Parque Bosque dos Buritis. A concentração irá ocorrer na entrada do Centro Livre de Artes, com acesso pela Rua 1, nº 605, Setor Oeste, em Goiânia. O evento destina-se a todos os beneficiários da GEAP e também aos demais interessados, que podem fazer contato com os organizadores pelo telefone (62) 4008.4354.


domingo, 19 de fevereiro de 2017

Divagações dominicais na “Capital da Fé”

Punição branda para magistrados, briga de jornalistas e bate-boca entre vereadores goianienses foram os temas da divagação do momento



Desnecessário legendar isso aqui.


E eu que fiquei um tempão aqui em casa, hoje, de pernas para o ar? Opa! Melhor explicar essa afirmação. A minha humilde residência estava e continua em ordem, graças a Deus. No caso, as pernas deste que vos escreve, sim, foram postas para o ar. É que encontrava-me no auge da curtição das delícias do ócio do final de semana remunerado nesta domingueira devagar e acabei divagando sobre um monte de coisas. Interessante como o pensamento é um trem que ninguém consegue botar cerca, né? Então, foi isso mesmo.

Mas sabe o que me tomou um bom par de horas, internauta? Coisinhas bobas, assuntos que estão distantes do pequeno universo no qual este modesto blogueiro existe, no dia à dia normal de um “latino americano sem parentes importantes e vindo do interior”. Afinal, como falou aquele outro lá, “penso, logo existo”; se estou aqui às voltas com meus pensamentos o motivo deve ser então por eu estar vivo. Ou será que não? Ah, sei lá! O negócio é que estou existindo... e pensando. E agora digitando, escrevendo.

Aneim! Deixemos imediatamente de ficar rodeando o toco e avancemos. Do contrário, essa notinha vai acabar é nunca. Como ia dizendo, alguns temas foram passando pela minha cabeça de vento e eu pulava de um caso para o outro tão rapidamente quanto o Usain Bolt cruza os 100 m rasos naquela prova tradicionalíssima dos jogos olímpicos. Por falar nisso, como é que aquele camarada consegue desenvolver uma velocidade daquelas, hein? Divino Pai Eterno, o homem é um raio nas pistas.

Epa! Volte aqui, blogueiro. Rapaz do céu, como está difícil concentrar-se, digo, focar de uma vez por todas no que realmente quero contar para você que, uma hora ou outra brinda a gente daqui com a visita a este espaço. Mas agora a coisa vai andar sim, senhor. Ah, vai! Pode apostar que sim! Seguinte. E seguinte é o que segue, todo mundo sabe disso.

Min. Paulo Medina (Reprodução/TV)
Onde estava mesmo? Sim, nos assuntos sobre os quais andei divagando, em pensamento comigo mesmo, na tarde modorrenta deste domingo. Vi um post no Blog do Josias sobre a “punição exemplar” que um ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) sofreu. A excelência em questão foi "rigorosamente" condenada ao fiel cumprimento de uma pena de... aposentadoria compulsória. Quanto sofrimento, hein? É a pior, a mais rigorosa, forma como são punidos os magistrados nessa terra brasílis. Quem pode, pode.

Aí viajei na maionese. Quando um outro servidor público qualquer, principalmente um “barnabé”, termina flagrado cometendo crimes contra a Administração, a lei vigente estabelece punição de verdade. O cabra pode ser demitido a bem do serviço público e não leva nadica de nada, pois não há Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Se o sujeito já estiver aposentado, pode ter a aposentadoria cassada. E isso é um erro, pois aposentadoria não é favor nenhum, paga-se para se gozar esse direito.

Outro tema com o qual fiquei ocupado por um tempinho, foi a recente troca de “gentilezas” entre os jornalistas Joice Hasselmann e Reinaldo Azevedo. Os dois já dividiram bancada em programas na TVeja (vide imagem abaixo), mas a jornalista foi demitida da Veja, enquanto Reinaldo segue por lá com seu respeitado e influente blog hospedado na publicação dos Civita. Se ambos foram parceiros à época pré-impeachment de Dilma Rousseff, as coisas mudaram muito de lá para cá.

Bancada da TVeja com Joice (azul) e Reinaldo (branco),
além de Marco Villas e Augusto Nunes.

Reinaldo critica quem lhe dá na cabeça e não tem poupado nem mesmo os incensados procuradores e policiais federais que atuam na Operação Lava-Jata, digamos assim, sob a batuta do juiz Sérgio Moro, a grande figura pública do país neste momento. Ocorre que a Joice está campo oposto ao do blogueiro Reinaldo e os dois se estranharam feio no últimos dias. Veja isso aqui.

Sabe o que me ocorreu? Esse negócio de jornalistas se acharem mais importantes do que tudo o mais, pode até estar condizente com a guerra de egos em redações ou na internet, mas isso é uma perda de tempo e energia sem tamanho, no meu modesto modo de ver a coisa. Sei lá, jornalista, blogueiro inclusive, faz um bem danado se contar direitinho o que sabe e opinar seguindo os fatos. O restante não passa de firulas.

Canal Gama destacou o vídeo da vereadora Sabrina Garcez.
Mais um assunto que me roubou vários minutos foi o vídeo da vereadora goianiense Sabrina Garcez (PMB), eleita no pleito do ano passado, cumprindo agora seu primeiro mandato. A jovem ainda, fazendo pronunciamento na Câmara Municipal de Goiânia, não se intimidou com as críticas que lhe foram feitas pelo também vereador de primeiro mandato, Jorge Kajuru (PRP). Realmente, “quem diz o que quer acaba ouvindo o que não quer”, conforme ensina a sabedoria popular.

Depois de ficar em decúbito dorsal pensando a respeito dessas grandes questões e de outras mais que não vêm ao caso, cheguei à conclusão de que perdi uma excelente oportunidade nesta tarde de me concentrar e dormir um tantinho mais, descansar, pois daqui a pouco chegará a segunda-feira e aí não haverá escapatória, terei que pegar no batente. Até porque, não sou parlamentar, muito menos uma autoridade qualquer que trabalha sob o regime “T-Q-Q”. Nunca ouviu falar disso não, internauta? Ah, quem pode trabalhar de terça-feira à quinta-feira. Coisa rara. Imagino mesmo que nem exista algo assim no Brasil.

E foi então que me vi animado a por fim à divagação dominical, colocar-me de pé, arranjar coragem e disposição no mais profundo do meu ser, mandar a preguiça às favas e fazer uma caminhada por algumas ruas e avenidas da “Capital da Fé”. Vou dizer uma coisa para você, internauta, valeu a pena deixar a vagareza de lado e sair andando por ali e por acolá. Afinal de contas, na hora de arranjar as confusões ninguém pediu minha opinião. Agora, eles é que se entendam, ora pois. E sem mais para o momento, boa semana, pessoal!


sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Pe. Natalino Martins se apresenta no palco do Cineteatro Afipe

O Missionário Redentorista fará um show com canções autorais inspiradas nos ensinamentos de Deus e da Igreja





Neste fim de semana, o Cineteatro Afipe traz uma atração musical. O Missionário Redentorista Pe. Natalino Martins, que além de sacerdote é cantor, se apresentará no sábado (18), às 20h. As músicas são de seu álbum “Ficas em mim”. Inspiradas nos ensinamentos de Deus e da Igreja, elas trazem mensagens de fé, amizade e da importância da família. O show terá participação do grupo Desencanto e a entrada é gratuita.

O sacerdote despertou, simultaneamente, sua vocação para a música e a fé religiosa por influência de seus pais, principalmente de sua mãe que o ensinou a rezar e a participar da vida comunitária.

Além de compor e cantar, Pe. Natalino também toca violão. Para ele, evangelizar por meio da música na Igreja exige muita sensibilidade e convicção, não só por se tratar de uma arte, mas porque a música é um importante canal de mensagens de misericórdia, fé e amor. Sua principal referência vem das canções do Pe. Zezinho.

Filmes e exposição
Além da apresentação musical, os devotos e trindadenses podem prestigiar a programação de filmes do Cineteatro que tem início nesta sexta-feira (17), às 20h30, com “O Poder do Perdão”. E, no domingo (19), haverá exibição dos filmes “O Grande Milagre”, às 16h, e a animação infantil “Procurando Nemo”, às 19h.

Junto à programação dos eventos, todos os meses, o Cineteatro Afipe traz em uma exposição de artistas, geralmente, regionais. Este mês, estão expostas as esculturas em argila do mestre artesão Carlos Antônio. Em seu trabalho, ele confecciona peças que retratam a cultura e história do povo goiano, principalmente do interior. A ideia é mostrar o cotidiano do povo simples do interior, como, por exemplo, as esculturas de vaqueiros, sanfoneiros e de colhedores de pequi, entre várias outras que compõem o cenário no foyer, como é conhecido o espaço na entrada do Cineteatro.

História
O Cineteatro Afipe faz parte da história de Trindade e, antigamente, tinha o nome de Cine Teatro Mara. O espaço era bastante frequentado e passou a sediar também outros eventos sociais. Com o passar dos anos, o movimento do local foi diminuindo e, com isso, passou a ter dificuldades de funcionamento. Em sua trajetória o espaço foi fechado por duas vezes e ficou inutilizado por vários anos.

A Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe), então, assumiu esse novo projeto, dando início às obras de reforma, restauração e ampliação. A reinauguração do Cineteatro, durante a Romaria 2016, foi um momento marcante. E agora, o espaço está de portas abertas para acolher romeiros, trindadenses e visitantes, com eventos culturais, sociais e de evangelização.


PROGRAMAÇÃO FEVEREIRO 2017

17/02 – Sexta-feira
20h30: Filme - O Poder do Perdão (110 min)

18/02 - Sábado
20h – Música – Pe. Natalino Martins, com participação do Grupo Desencanto

19/02 - Domingo
16h: Filme - O Grande Milagre (106 min)
19h: Filme - Procurando Nemo (101 min)

24/02 – Sexta-feira
20h30: Filme - Apóstolo Pedro e a Última Ceia (102 min)

25/02 - Sábado
14h30: Filme - O Poder do Perdão (110 min)
19h30: Filme - A Canção de Bernadette (158 min)
26/02 - Domingo
16h: Filme - Procurando Nemo (101 min)
19h: Filme - Up – Altas Aventuras (101 min)

Exposição: Escultura em argila / Artista: Mestre Artesão Carlos Antônio



Direto da Assessoria de Imprensa da Afipe

Roberto Monteiro está de saída da presidência do PSDB de Trindade

No mês de março haverá a escolha dos novos dirigentes e o médico Daniel Cabriny deve assumir o comando dos tucanos na “Capital da Fé”




Tucanos trindadenses se preparam para assistirem à troca de comando do diretório municipal do PSDB, pois Roberto Monteiro, ex-prefeito de Trindade, segundo as normas internas, não pode mais continuar à frente da legenda, depois de 4 anos seguidos no posto. Falamos com o presidente na manhã de hoje e ele nos confirmou que está deixando a liderança partidária neste momento. “É hora de sair mesmo e meu mandato termina no fim do mês que vem”, afirmou Roberto Monteiro.

O prefeito Jânio Darrot (PSDB) ainda não teria entrado no assunto, pelo menos, o atual presidente Roberto Monteiro nos garantiu isso. “O prefeito está com muito trabalho nestes três primeiros meses do ano, está se dedicando mais aos assuntos da Prefeitura”, comentou o presidente tucano. Mas é claro que Jânio Darrot deverá participar das discussões a respeito da renovação dos principais postos de comando de seu partido.

Se não houver mudanças de curso, no início do mês de março deverão ocorrer as eleições para a escolha dos novos dirigentes nos diretórios tucanos nos municípios goianos, no de Trindade inclusive, confirmou Roberto Monteiro. E nos bastidores, comenta-se que o médico Daniel Cabriny, irmão do vice-prefeito de Trindade, Gleysson Cabriny, já despontou como o sucessor de Roberto Monteiro, na presidência do diretório tucano na “Capital da Fé”.

Fotos: Reprodução de perfis no Facebook.


Consultor de empresas aposta que Marconi Perillo será candidato a presidente

O quadro sucessório para as próximas eleições presidenciais sinalizaria bons prognósticos para uma candidatura do governador goiano



Fernando Sousa
Vamos por partes, pensamento sistêmico a respeito do quadro político eleitoral para as eleições presidenciais de 2018. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), sem dúvida, estará preso ou asilado; O senador Aécio Neves (PSDB), na mesma situação de Lula; a ex-senadora Marina Silva (Rede Sustentabilidade), ainda com pensamento extremista, não arregimenta a classe produtiva; Jair Bolsonaro (PSC) seria ou será um ótimo nome, porém de igual forma passa pelo mesmo processo de rejeição de Marina Silva, por mais que seu perfil pareça com o do presidente norte-americano Donald Trump (Republicano), as histórias dos dois estão distantes, o peso do discurso é diferente (uma pena, porque ele poderia dar um sacode no país); Geraldo Alckmin (PSDB), o nome mais forte do PSDB, será réu na ação do metrô de São Paulo; O ministro José Serra (PSDB) segue o destino do seu companheiro de partido, no entanto também deve estas às voltas com a lava jato.

Sobra quem? Exatamente o governador de Goiás, Marconi Perilo (PSDB), que vem ganhando prêmios por vários estados do país, nos dois últimos anos, pelas conquistas de sua gestão. Por pior que pareça, ainda é uma das melhores do Brasil. Para quem acompanha a mídia especializada, sabe a aproximação e apoio que Marconi Perillo conseguiu com boa parte do PT, mesmo sendo inimigo quase mortal do seu partido.

PMDB goiano está a um passo de fechar com Marconi. Não se espantem se o governador apoiar uma candidatura do Maguito Vilela (PMDB) que já tem a simpatia e a parceria do PSD e teria somente que gerenciar uma equalização com o senador Ronaldo Caiado (DEM) que está de olho da candidatura ao Governo de Goiás. Com o prefeito de Goiânia, Iris Rezende (PMDB), não vejo que seria o grande problema.

Bom, façam suas apostas, senhoras e senhoras, eu estou fazendo a minha. Não porque se trata de ser melhor ou pior, até mesmo porque encontrar um político que esteja alinhado com os valores que julgamos ideais, talvez seja utopia. As cartas estão na mesa, e na minha opinião, a candidatura a presidente da República cairá no colo do Marconi Perillo.



Fernando Sousa é consultor de empresas


quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Jovem trindadense com doença renal crônica não quer se tratar

Decidido a não se submeter a sessões de hemodiálise, Humberto Filho fala que “se não vou viver feliz, prefiro morrer”





Drama vivido por uma família de Trindade vira notícia em Goiás e no Brasil, sendo destaque em diversos veículos da imprensa local e nacional. José Humberto Pires de Campos Filho, 22 anos, diagnosticado com doença renal crônica, quer desistir do tratamento baseado em sessões de hemodiálise. A mãe do rapaz acionou a Justiça que o interditou parcialmente a fim de obrigá-lo a se tratar. O jovem afirmou à reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, na edição desta quinta-feira (16): “Sei o que é melhor para mim. E o melhor é viver do jeito que vivia antes, e era feliz. Se não vou viver feliz, prefiro morrer”. Veja as matérias sobre esta comovente história de vida clicando nestes links >>> jornal O PopularTV Anhanguera.