Postagens

Mostrando postagens de 2012
Imagem
Imagem
Avenida Manoel Monteiro: Canteiro central vai virar pista de cooper. Pista de Cooper O prefeito de Trindade, Ricardo Fortunato (PMDB), resolveu mandar construir pista de Cooper no canteiro central da Avenida Manoel Monteiro, abaixo da rotatória com a Avenida Raimundo de Aquino até as proximidades das Faculdades Aphonsiano. As intervenções nos logradouros públicos na “Capital da fé” não costumam resultar de discussão com a comunidade. Logo, mais essa obra em curso não espanta ninguém. A proximidade da Romaria do Divino Pai Eterno (>> http://zip.net/bfgTYn <<) sempre injeta ânimo nas gestões municipais por aqui. Mas, sei lá, ao longo do percurso há muito desnível, várias rotatórias também, além de se tratar da avenida de trânsito mais intenso da cidade. Correr por ali, tão próximo a carros, caminhões, bicicletas, motos, ônibus, charretes, não penso ser muito recomendável não. Ah, sim! O gasto público nesse empreendimento está na casa dos 88 mil re

Eleições à vista

A manhã estaremos já no primeiro dia do último ano das atuais administrações dos mais de 5.560 municípios brasileiros. Como em outubro de 2012 haverá eleições para prefeito, vice e vereadores, podemos esperar por dias quentes, principalmente na “Capital da fé”. Afinal de contas, não resta dúvida de que o prefeito vai buscar a reeleição, digamos, com “a faca nos dentes”, como se diz. O estilo do atual prefeito e sua equipe disputar eleições me faz lembrar da sutileza daqueles zagueiros de futebol dos times de várzea, para quem “do pescoço pra baixo tudo é canela”. E chutar a canela pode. 

Tem gente simplificando as coisas

F oi o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) que introduziu no Brasil o direito de reeleição para presidente da República, Governadores e Prefeitos. FHC disse certa vez, com muito conhecimento de causa, que quando o presidente “quer e se empenha” dificilmente perde alguma disputa. Ele se referia à tramitação de matérias no congresso nacional, mas isso acaba sim valendo para as infindáveis disputas políticas envolvendo os chefes dos poderes Executivos nas três esferas de poder.                 Pela razão acima, não se deve menosprezar a potencialidade dos atuais ocupantes de cargos que irão brigar por novo mandato nas eleições de outubro de 2012. Nos bastidores da política local, diz-se muito sobre os altos índices de rejeição atribuídos ao prefeito de Trindade, justificando assim que a reeleição é algo impossível. Discordo totalmente dessa forma de se referir à realidade. Há desgaste na imagem do prefeito? Claro que sim. No entanto, a campanha propriamente dita ainda não co

Parceiro

Parceiro