Quinta-feira é dia de feira livre em Trindade


Por falar em feira, tem gente contrariada com a Prefeitura de Trindade

Feira Livre no Setor Oeste, em Trindade. (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Recebi, na semana passada, material com vídeo e fotos da Feira do Barro Preto, que acontece sempre nas noites das quintas-feiras, no setor Oeste, ao lado da Capela de Santos Reis. Pensa num local bacana para se abastecer a despensa ou a geladeira de casa, comprando de quase um tudo em termos de frutas, verduras, carnes bovina, suína e aves, queijo, requeijão, até engenhocas eletrônicas, além de comidinhas deliciosas e “engordaites”, itens tradicionais da culinária de nossa região, caso de espetinhos, jantinhas, pastéis, salgados em geral, pizzas, café moído na hora, biscoitos, crepes, sucos, bolinhos de milho, uma coisa de doido. E, sim, as feiras também são concorridos pontos de encontro de amigos. E mais ainda, o trabalho ali, evidentemente, garante o sustento de muitas famílias que se dedicam a essa atividade. Isso é fato e precisa ser lembrado sempre. Agora, tem gente contrariada com, digamos assim, o crescimento da feira que já ocupa um bom espaço no final da Avenida Manoel Monteiro. A bronca tem a ver também com o ponto da avenida onde os agentes da Prefeitura Municipal de Trindade instalam banheiros químicos, geralmente muito próximos às casas comerciais fixas, pois ali funcionam loja de bicicletas, ferragista, distribuidora de bebidas e loteria. O comércio é forte na região. Por mensagem via Whats App (segunda-feira, 4) fizemos contato com Mardem Júnior, vereador licenciado e secretário Municipal de Planejamento Urbano, Habitação e Regularização Fundiária (Seplanh), pasta que cuida da organização das feiras livres na “Capital da Fé”. Queria saber do secretário se existe alguma medida em estudo ou já implementada para organizar melhor não apenas a feira em questão mas todas as demais 28 feiras que acontecem semana sim e outra também, considerando o crescimento dessa atividade, mas, até o momento em que postamos essa notinha, não houve nenhuma manifestação do titular da Seplanh.


Comentários

Parceria

Parceria